quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Nosso Dia!!!



Hoje dia 31 de Agosto é o DIA DO NUTRICIONISTA. Queria parabenizar todos os profissionais dessa linda profissão da qual eu muito me orgulho e os estudantes que ainda sentirão o prazer de ver o sorriso do paciente quando tem sua meta alcançada e a sensação de dever cumprido.

Um grande abraço a todos!!!

sábado, 13 de agosto de 2011

Propriedades Nutricionais do Morango



É difícil resistir ao aroma e sabor desta fruta vermelha tão linda que é o morango não é? Só de olhar a foto já dá vontade de correr atras de um! Mas você sabe quais propriedade nutricionais ele possui?

Pois é, esta fruta vai muito além de sua aparência e sabor, é rica em diversas vitaminas, minerais e fibras.
O morango é rico em vitamina C, compostos fenólicos (grupo de antioxidantes que combatem os radicais livres), bioflavonóides, fibras solúveis e insolúveis, etc. Seus benefícios ao corpo humano são os mais diversos possíveis, o morango estimula o apetite, facilita a digestão, aumenta a resistência do corpo às infecções, contribui para a diminuição do colesterol ruim, ação antioxidante, efeito diurético, ação antiinflamatória em reumatismo e gota, ajuda na formação do colágeno, contribui para cicatrização de ferimentos, ajuda no desenvolvimento e regeneração dos músculos, pele, ossos e dentes, entre outros. O morango não contém muitas calorias, 100g da fruta crua possui apenas 32 calorias.

Para maior proveito de seus benefícios é indicado que o morango seja consumido inteiro e in natura. O morango em temperatura ambiente pode ser conservado no máximo por dois dias, já sob refrigeração abaixo de dez graus sua duração é muito maior.

Vale ressaltar que apesar de todos esses benefícios, devemos tomar cuidado com o consumo indiscriminado do morango. As sementes dessa fruta contém fibras insolúveis que podem ser prejudiciais para pessoas com distúrbios intestinais como a diverticulite e com predisposição a desenvolver pedras nos rins.
Por isso, recomenda-se a ingestão regular sem exageros, sob a orientação de um nutricionista.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Arroz e Feijão - Combinação perfeita!

Pode parecer uma simples combinação, mas o tradicional arroz e feijão formam uma dupla muito nutritiva.



O arroz com feijão são fontes ricas de carboidratos, proteínas, sais minerais, vitaminas e fibras. “O que falta em um, o outro fornece e, assim, se completam. Unidos, oferecem uma excelente combinação protéica.
O arroz é rico em amido, uma ótima fonte de energia, o arroz também fornece ferro, vitaminas do complexo B e proteínas. O feijão é rico em proteína, e a absorção desta proteína pelo organismo é facilitada pelo amido contido no arroz. O feijão também é rico em ferro e outros minerais.
Outro ponto a favor da combinação arroz e feijão é que eles contém aminoácidos (fundamentais na construção do corpo. Além de compor as células e recuperar os tecidos, eles formam anticorpos para combater as bactérias e vírus que possam nos infectar). O arroz é pobre no aminoácido lisina, que é encontrado em abundância no feijão. Já o aminoácido metionina é pobre no feijão, mas tem de sobra no arroz. Basta uma concha de feijão para meia escumadeira de arroz para que os resultados sejam sentidos. Um prato de arroz e feijão tem quase a mesma quantidade de proteínas encontradas na carne.
Além disso, a dupla também equilibra o índice glicêmico. Enquanto o arroz sozinho, principalmente o polido, pode disparar as taxas de açúcar e insulina na circulação, o feijão tem o poder de conter esse efeito, o que mantém a glicose estabilizada. A mistura é, portanto, bem-vinda para manter a glicemia em níveis adequados e diminuir o risco do diabete.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Porque não devemos sair de casa sem tomar o Café da Manhã

Sempre ouvimos nossos pais falando que o café da manha é a refeição mais importante do dia, porém muitos não acreditam não é mesmo? Mas saiba que os pais tem razão, o café da manhã é importantíssimo!!!




Com a correria do dia-a-dia, muitas pessoas "pulam" o café da manhã, ou comem no caminho do trabalho, escola, sem se preocupar com a qualidade e/ou quantidade do que está ingerindo. Muitas pessoas não dão a devida importância que a primeira refeição do dia merece.

Saiba porque o café da manhã é importante e quais os verdadeiros motivos para não sair de casa sem está refeição.

Primeiramente devemos tomar o café da manhã porque geralmente não comemos nada durante a madrugada, são horas sem se alimentar.
Outro motivo é que no café da manhã acabamos tendo uma grande variedade de alimentos que o corpo necessita para o seu funcionamento. A primeira refeição do dia deve ser completa, com proteínas, vitaminas, minerais e carboidratos.
O café da manhã eleva a taxa metabólica, tirando o organismo do modo "lento" em que ele estava durante o sono, assim queimamos mais rápido as calorias.
Como o café da manhã é a primeira refeição do dia ele nos fornece energia para gastarmos ao longo do dia e para praticarmos exercícios físicos, evita a perda de massa muscular, faz com que não haja exageros no almoço, e evita o depósito de gordura localizas.

Algumas pessoas ainda acham que não comer pela manhã, pode ajudar na dieta, mas isso não é verdade, e é um erro! Muito pelo contrário, ter uma alimentação balanceada, comer a cada 3 horas é que ajuda a perder peso, e começar pelo café da manhã, é imprescindível

Mas...o que comer logo cedo?

Ai vão algumas dicas: Pães integrais, aveia em flocos, quinua em flocos, frutas, sucos de frutas e queijos brancos.

Bom, agora que você já sabe quais os benefícios do café da manhã não saia de casa sem tomar o seu!!!

terça-feira, 15 de março de 2011

Você sabe a diferença entre alimento Diet e Light?




Muitas pessoas ainda confundem esses tipos de alimento. Pensam que Diet é para quem tem diabetes e Light para quem quer emagrecer, não é mesmo? É, mas não bem assim...

O alimento diet é aquele isento de determinado nutriente, como por exemplo: o glúten, o açúcar, o sódio, o colesterol ou a gordura. São produtos que foram desenvolvidos, em sua essência, para atender a grupos específicos, como os diabetes ou os celíacos (alérgicos a glúten). Por isso, não basta que venha impresso na embalagem a palavra Diet, é preciso que esteja especificado no rótulo, que substância foi retirada ou substituída na fórmula.
Os alimentos diets também podem ser utilizados em dietas de emagrecimento e de reeducação alimentar, mas ATENÇÃO! vale lembrar que nem sempre a isenção de uma substância implica em redução de calorias.

Já o alimento Light é aquele que tem redução de no mínimo 25% de certo nutriente, não necessariamente a sua retirada. Ao contrário dos alimentos diets, os produtos lights não foram desenvolvidos para atender às necessidades nutricionais de determinados grupos. Eles surgiram para suprir a demanda de uma fatia crescente da população, que se preocupa com o bem-estar e a manutenção da saúde.

Por tanto o Diet não é o alimento sem açucar e o Ligt não é sem gordura.

Acho que deu para esclarecer as dúvidas né gente?

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Você sabe o que são alimentos funcionais?


Não sabe?

Bom, os alimentos funcionais, são aqueles que caracterizam por oferecer vários benefícios a saúde, além do valor nutritivo inerente à sua composição química, podendo desempenhar um papel altamente benéfico na redução do risco de doenças crônicas não transmissíveis.Estes podem ser classificados de dois modos: quanto à fonte (origem vegetal ou animal) ou quanto aos benefícios que oferecem, envolvendo cinco áreas do organismo: sistema gastrintestinal; sistema cardiovascular; metabolismo de substratos; crescimento, desenvolvimento, e diferenciação celular; comportamento das funções fisiológicas e como antioxidantes.
Os alimentos funcionais apresentam as seguintes características:

* Devem ser alimentos convencionais e consumidos na dieta normal/usual.
* Devem ser constituídos produtos naturais, algumas vezes em elevadas concentrações, ou presentes em alimentos que não supririam esses componentes.
* Devem ter efeito positivo, além do valor básico nutritivo, que possam aumentar o bem estar e a saúde e/ou reduzir o risco de ocorrência de doenças, aumentando a qualidade de vida.
* A alegação da propriedade funcional deve ter embasamento científico.
* Pode ser um alimento natural ou alimento em que um componente tenha sido removido.
* Pode ser um alimento em que a natureza de um ou mais componentes tenha sido modificada.
* Pode ser um alimentos em que a bioatividade de um ou mais componentes tenha sido modificada.

Os alimentos funcionais devem apresentar propriedades benéficas além das nutricionais
básicas, sendo apresentados na forma de alimentos comuns. São consumidos em dietas convencionais, mas demonstram capacidade de regular funções corporais de forma a auxiliar na proteção contra doenças como hipertensão, diabetes, câncer, osteoporose e doenças do coração (DOLINSKY, 2009).

Exemplos de alimentos funcionais

* Laticínios fermentados (iogurtes)
Subtâncias bioativas: Lactobacilos/bifidobactérias (probióticos)
Efeitos prováveis no organismo
>> Contribuem para a saúde do trato gastrintestinal;
>> Reduzem o risco de câncer de cólon.

* Uvas vermelhas escuras/vinho tinto
Subtâncias bioativas: Compostos fenólicos (flavonóides)
Efeitos prováveis no organismo
>> Moderado uso de vinho. Reduzem o risco de doenças cardiovasculares e câncer

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

O que eu devo comer a noite???


A noite sempre temos uma foOoOomeee... ai pinta aquela dúvida... o que eu devo comer???


Bem, uma boa noite de sono é essencial para a saúde e é sabido que a alimentação exerce grande influência sobre isso. Então a dica é:
Comece escolhendo sempre alimentos pouco calóricos e de fácil digestibilidade, como exemplo: os sucos naturais, frutas, iogurtes lights e pão de forma integral.
O que vai determinar o horário da última refeição do dia é a hora em que você vai para a cama, logo o plano alimentar deve ser personalizado. Por isso, para alguns casos, haverá a restrição de alguns alimentos.
As regras da sua alimentação variam do acordo com atividade exercida ao longo do dia, como exemplo: quem trabalha no periodo da noite ou quem prática exercícios, pois uma coisa depende da outra.
Prefira os alimentos integrais, pois são fontes de fibras, e as fibras favorecem a saciedade, assim a fome e a vontade de comer reduzem.
Nunca durma com fome. Dormir com fome é mais prejudicial do que ingerir um alimento leve que lhe deixe satisfeito, pois com o sono prejudicado, toda a função do metabolismo estará comprometida.
Por fim, de nada adianta querer emagrecer pulando refeições, o ideal é se alimentar bem ingerindo porções saudáveis ao longo do dia, o recomendado e fazer três refeições grandes (café, almoço e janta) ao dia, intercaladas por lanches. O importante é pensar na saúde do corpo e na qualidade da vida como um todo. A alimentação é essencial. O “comer bem” mais que qualquer outra coisa propicia disposição, bem-estar, bom-humor entre outros benefícios.
E não sentir fome durante o dia é tão importante quanto comer durante todo o dia.